quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Tudo Que Você Precisa Saber Sobre o Verão

Olá pessoas vaidosas. Como hoje, dia 22-12 começa oficialmente o verão, resolvi publicar alguns textos sobre cuidados e duvidas gerais para favorecer sua pele nesta estação que o brasileiro tanto gosta (eu particularmente não curto). Separei 3 textos bem legais e resolvi misturar tudo e fazer um MEGA post, algumas informações a gente tá "careca" de saber, mas vale a pena relembrar, afinal o sol é uma "faca de dois gumes". Então pega sua necessaire de praia, seja você homem ou mulher e vem comigo para sairmos ilesos deste calor que promete.


Dúvidas Frequentes Sobre Proteção Solar:

Quem espera ansiosamente pelo calor está louca para sair correndo para a praia. Além de biquíni, cadeira de praia e guarda sol, não dá para esquecer o protetor solar em casa de jeito nenhum.

Todo mundo, mesmo quem não usa direito, sabe da importância de se proteger dos raios solares. Mas você sabe como fazer isso corretamente? A dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e coordenadora da Campanha Nacional Contra o Câncer de Pele, Selma Cernea, que tira diversas dúvidas sobre como se proteger corretamente do sol. Confira:


Quais são as diferenças entre protetor e bloqueador solar?

Não há diferença nenhuma, é só a nomenclatura. Algumas marcas chamam de bloqueador os produtos que tem fator de proteção mais alto.

Bronzeadores são indicados? 

O único tipo de bronzeador indicado é o auto bronzeador, aquele creme que tinge a pele. 

Algumas pessoas dizem que protetores com fator acima de 30 fazem o mesmo efeito que os com fator de proteção 30, isso é verdade?

Os protetores com fatores mais altos têm mais proteção sim, mas o que acontece é que a partir do 30 a diferença é pequena de um fator para o outro. Por exemplo, o 30 protege 93% dos raios, o 45 protege 95% e o 60 97%. Por isso, na prática a diferença é bem pouca, o que faz a diferença mesmo é a quantidade aplicada. É importante reaplicar o protetor a cada duas ou três horas e se entrar na água logo depois que sar.

É importante usar protetor diferente para rosto e corpo? 
Sim. A pele do rosto tem características próprias que variam de pessoa para pessoa. Por exemplo, os mais jovens normalmente têm maior oleosidade, então um filtro solar cremoso pode gerar espinhas. Nesse caso a melhor opção é escolher uma loção ou gel. Já as mulheres mais velhas, tendem a ter a pele do rosto mais seca, então um creme é uma opção melhor.
No corpo, todas as pessoas tendem a ter pele mais seca, desta forma uma loção cremosa é uma boa escolha para todos.

E para o lábio, é necessário usar proteção?

Sim, é muito importante usar um protetor específico para isso. Se não se proteger é possível ter câncer de lábio no futuro. É necessário lembrar também de usar óculos escuro e passar protetor em partes às vezes esquecidas como orelha, por exemplo. 

O que é importante conferir no rótulo? Proteção UVA? UVB?

Todos os protetores tem proteção contra os raios UVB, o fator de proteção indicado no rótulo (FPF) tem a ver com esse tipo de raio. É importante conferir no rótulo se existe a proteção contra os raios UVA, nem todos tem.

Parabeno é um componente de todos os protetores? Algumas pessoas têm alergia a esse produto, o que fazer nestes casos?

Além do parabeno os protetores, assim como os outros cosméticos, tem diversos componentes que podem dar alergia em algumas pessoas. Caso você tenha alergia a algum protetor a melhor coisa a fazer é procurar um dermatologista, ele fará exames que indicarão qual é a substância que causa alergia e o que fazer.

Deixar o protetor (embalagem) exposta ao sol durante o tempo na praia ou piscina pode estragar o produto?

Sim, o calor pode deteriorar o protetor, mantenha na sombra. Essa dica vale para quaissquer outros cosmético.

Cuidado Com a Insolação:

Alto verão e tudo que a gente quer é praia com muito sol. Mas é necessário ficar atento para a curtição das férias não se tornar um problema. É que além de problemas na pele, a exposição exagerada ao sol pode levar pessoas desprevinidas a terem insolação.

O clínico-geral da Paraná Clínica, Carlos Sperandio, explica que os casos de insolação são frequentes porque algumas pessoas têm pressa em conseguir um bronzeado bonito e ficar com a "cor do verão". Então ele recomenda cautela. "A melhor maneira de se prevenir é tomar sol nos horários recomendados, antes das 11h da manhã e após às 16h da tarde. Além disso, as pessoas devem ter o costume de se hidratar (bebendo líquidos) constantemente, visando combater a desidratação causada pela exposição ao calor."

Vale lembrar que pessoas com pele mais clara, por serem mais susceptíveis a queimaduras solares, e os idosos e as crianças, por não sentirem sede como os adultos jovens, são as pessoas com maior tendência de ter insolação.

Sperandio explica que não faltam sinais de alerta. "Eles variam, mas podem incluir hipertermia (temperatura corporal muito alta), vermelhidão de pele, ausência de suor, boca seca, taquicardia (pulsação rápida), dor de cabeça latejante, enjôos, tonturas e até mesmo confusão mental e desmaio."

Quando se nota algum desses sintomas a pessoa deve ser removida a um lugar mais fresco, longe da luz solar e deve ser ter seu corpo resfriado ingerindo líquidos não alcoólicos gelados. Se possível, é importante cobrir a pele com panos umedecidos frios. "Caso a pessoa esteja com hipertemia (aumento da temperatura do corpo) acima de 39 graus, recomenda-se a transferência imediata a um serviço de emergência."

O médico alerta que apesar do tratamento parecer simples, o melhor a se fazer é prevenir. "Todos devemos ingerir cerca de 2 litros de líquidos ao dia, manter-nos sempre com protetor solar e evitar fazer exercícios físicos na hora de pico do calor do Sol, que é das 11h às 16h. Isso tudo aliado a uma alimentação saudável é a melhor maneira de se evitar os casos de insolação."

Cuidados Gerais Para Beleza da Sua Pele Neste Verão:

Um passo-a-passo para você brilhar ainda mais! Sol quente, praia, mar, piscina. É tempo de saudar a natureza e o bom da vida.
  
 Aproveite as delícias desta estação. Mas, não descuide da atenção especial que você deve dar a todo o corpo, para que sua pele não sinta as conseqüências depois.

A seguir você verá dicas da dermatologista Ana Lúcia Recio:

No rosto, filtro solar sempre

• Lave o rosto pela manhã e aplique filtro solar para passar o dia (ele deve ter no mínimo FPS 15). À noite, lave o rosto novamente e use um hidratante, que pode conter vitamina C, DMAE, aloe vera e ácido hialurônico.

• Na praia, use um filtro solar mais forte. Como regra geral, peles claras pedem FPS 30 e peles morenas FPS 20.

• Sempre é bom repetir: não se exponha ao sol nos horários críticos, entre 10 e 16 horas, quando a radiação UVB é mais intensa e pode causar queimaduras.

• Mas não dispense o filtro nos outros horários, na praia ou na rua, pois mesmo os raios UVA, que incidem o dia inteiro, podem prejudicar a pele e acelerar o processo de envelhecimento.

• A ordem é se proteger mesmo, portanto recorra também a chapéus, bonés e óculos de sol. Olhos desprotegidos podem desenvolver catarata no futuro.

• Ao escolher os produtos para passar na pele, leve em conta que eles devem respeitar as características da pele. Se a sua é oleosa, opte por emulsão oil free, gel ou gel creme. As peles secas preferem os cremes. E as mistas, emulsões.

• No dia-a-dia, aproveite para usar um filtro solar com um pouco de cor, para dar à pele um aspecto bronzeado. Este é um recurso muito bem-vindo, pois como o rosto é sempre o mais protegido, ele acaba ficando de um tom mais claro que o corpo.

• Homens, jamais se esqueçam: a obrigatoriedade do uso do filtro solar diariamente vale para vocês! E não apenas na praia, na piscina e nos esportes. É para o dia-a-dia no escritório também!

Mantenha o corpo protegido e hidratado

• Na praia, evite o sol nos horários de pico e aplique protetor solar com FPS 15. As mais morenas podem usar o fator 10. As mais claras, 20 ou 30. O filtro precisa ser reaplicado após cada mergulho ou se houver excesso de transpiração. Não esqueça as orelhas, o pescoço, os pés e o dorso das mãos. Nas áreas de pele mais oleosa, como as costas, evite filtros muito cremosos, que obstruem os poros e podem causar acne.

• Tome muita água - é saudável para todo o organismo. No verão, o calor favorece a perda de água por transpiração e seu corpo pode "suar" até dois litros por dia.

• Fuja dos banhos quentes: o morno é mais saudável, pois resseca menos a pele. Use o sabonete somente nas axilas, nos genitais, nas costas e nos pés.

• Aplique um hidratante leve após a praia, pois a pele se torna mais seca pela ação solar.

• Consuma alimentos ricos em beta caroteno (os alaranjados, como mamão, damasco e cenoura), que podem ajudar no bronzeamento.

• Evite desodorantes com alto poder antiperspirante, pois isso pode causar a obstrução das glândulas de suor e conseqüente inflamação e infecção (processo chamado de hidradenite).

Uma dica para as morenas

Você provavelmente costuma tomar menos cuidados com a pele do que as clarinhas. Mas, saiba de uma coisa: a pele morena mancha mais facilmente, em decorrência de pequenos traumas, como picadas, machucados, cortes. Procure evitá-los. Se for picada, tente não coçar para não infeccionar, o que geralmente causa a mancha. Se isso acontecer, use nos locais um filtro solar mais forte (FPS 50 ou 60).

Não esqueça os pés e as mãos

• Os pés tendem a ficar mais ressecados no verão pelo uso de sapatos abertos, chinelos e sandálias. Passe uma lixa logo após o banho para remover o excesso de pele e, em seguida, um hidratante, que pode ser um pouco mais grosso do que o usado no corpo. Os que contêm uréia e ácido lático são mais eficientes.

• As mãos devem ser protegidas diariamente (principalmente o dorso) com um filtro solar de, no mínimo, FPS 15. O mais importante no verão não é o ressecamento (este é típico do inverno), e sim a freqüente exposição do dorso das mãos à radiação solar - no carro, na praia, na rua. Ao lavá-las, reaplique o protetor. Isso ajuda a retardar o aparecimento de sardas, que se intensificam com o tempo. Com o passar dos anos as mãos tornam-se manchadas pelo sol da vida inteira.

É hora de desacelerar os tratamentos

No verão, algumas adaptações devem ser feitas por quem está com tratamentos em andamento.

• Os esfoliantes ficam proibidos, pois afinar a pele e expô-la ao sol, mesmo usando foto-protetor, facilita a formação de manchas.

• Os ácidos devem continuar de modo brando e com baixas concentrações. Pare a aplicação durante a viagem de férias e retome o tratamento na volta.

• Quanto aos peelings, só devem ser feitos os muito superficiais, com ácido glicólico, que permite concentrações variadas entre 30% e 70%. No verão, as concentrações menores são as indicadas.

• A limpeza de pele é indicada para as mais oleosas, pois o sol e muito filtro solar tendem a engrossar a camada córnea, que fica obstruída (às vezes, a acne cosmética pode surgir pelo uso constante do filtro solar na praia e na piscina).

Cuidados com a depilação

• Se a pessoa não tem problema de pêlos encravados, a cera quente ou fria pode ser usada na virilha, nas pernas e nas axilas - embora o uso nas axilas não seja recomendável, pois traumatiza a glândula quando o pêlo é arrancado e pode causar inflamação (semelhante ao que ocorre com o desodorante com alto poder antiperspirante).

• Para quem tem foliculite, a lâmina é a melhor opção, pois ao remover o pêlo faz um peeling muito suave, retirando também as células mais superficiais - mas, se a foliculite for muito severa, é melhor procurar um dermatologista para usar um secativo e um esfoliante na área comprometida. Usar pedra pomme para lixar a pele não é bom, pois pode provocar irritação.

Fonte:
Agradeço muito a site Cyber Diet que disponibiliza textos tão legais sobre saúde e beleza, no site você encontra muitos outros textos falando sobre o verão e outros temas.

5 comentários :

  1. EDU oque vc acha de protetores solares manipulados em relação aos aos protetores normais ? vc já usou algum ? ou prefere os protetores normais ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não uso de forma alguma Henrique, tem meus motivos, em questão de filtro, manipulado nem pensar!

      Excluir
  2. Edu, sou novo por aqui, na verdade é meu primeiro comment, mesmo assim vi que você é sempre atencioso e vou perguntar.

    Você tem alguma dica sobre aquele bronzeamento que as vezes é indesejado? Por exemplo, eu sou bem branquinho, mas minha pele tem aquela tendência a ficar amarelada pela ação do sol ao decorrer dos anos e também pelo verão que acabou de passar, então mesmo correndo do sol e usando protetor solar, minha pele não fica tão branca mais em algumas regiões, como pescoço, braços e pernas também, porque uso muita bermuda. Conhece algum produto, sabonete, alguma coisa que ajuda a clarear a pele em geral?

    ResponderExcluir
  3. Razzil, costumo não dar dicas de produtos de forma pontual, mas quero fazer uma observação: Filtro solar que permite que vc se bronzeie, mesmo aplicando duas vezes ao dia, é uma furada, filtro que é filtro permanece a pele em seu tom original, a não ser que vc esteja em uma praia o dia todo, ai fica um pouco difícil, até mesmo para bons filtros, caso contrário, procure filtros mais confiáveis e também vá ao seu médico, talvez ele tenha uma boa alternativa pra vc! Um abraço.

    ResponderExcluir

ATENÇÃO, antes de comentar:

Caso seu comentário seja de dúvidas pessoais, como: "o que usar", "qual o melhor", "me diz uma rotina de produtos para minha pele" ou coisas deste tipo, seu comentário não será respondido! O Blog Vaidade Derme ajuda as pessoas de maneira geral, mostrando fórmulas, pareceres do blogueiro e outras informações pertinentes. Lembre-se: o blogueiro não é seu consultor de beleza pessoal!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...